fa-do-mes

Aqui você irá encontrar entrevistas que fizemos com os fãs de diversas partes do Brasil. Todo mês, iremos escolher um fã por meio das nossas redes sociais e serão feitas perguntas relacionadas ao James, mas também deixaremos um espaço livre para que o fã comente sobre seus outros gostos pessoais. Conheça o fã do mês de Janeiro:

7fg4d6de
Nome:
Bianca Ramalho
Idade: 24 anos
Redes Sociais: Twitter l Instagram
Localidade: Guarulhos, São Paulo

 

JBBR: Como foi que conheceu e começou a gostar do James Bay?
FÃ:
Eu não sei se isso vai soar peculiar, mas eu comecei a ouvir falar muito no Bay em uma outra rede social de um outro ídolo meu. O pessoal dessa rede social elogiava muito o Bay, isso foi por volta de 2014… Então, eu comecei a perguntar para eles sobre o Bay e eles foram explicando a pegada Indie das músicas dele etc. Então, fui pesquisá-lo e foi amor à primeira vista. Primeiro que ele é inglês e eu amo artistas ingleses, o sotaque, a cultura. Tudo! Hold Back The River foi a primeira música que ouvi e me senti impactada, prestei atenção na letra e me lembrou uma época específica da minha vida que as vezes eu gosto de lembrar, outras não muito… Mas minha favorita é Let It Go. Aonde quer que eu fosse, de alguma maneira a música tocava em algum lugar. Desde então comecei a gostar do Bay porque ele meio que estava comigo em qualquer e lugar e acabei me interessando pelas outras músicas, e agora sou essa louca Pelo Bay, hehe. Fora o jeito carismático com que ele nos trata, aquela voz, aquele olhar. Me apaixonei completamente por ele.

 

JBBR: Como você espera que seja o show do James aqui? Tem alguma loucura que queira fazer quando ele estiver aqui? Se sim, conta pra nós!
FÃ:
Espero e tenho certeza que será aqueles shows aconchegantes, sabe? Que o público é calmo (mas nem tanto).

 

JBBR: Com qual música do James você mais se identifica, e por quê?
FÃ: Let It Go é minha música preferida por um único motivo: muitas pessoas podem interpretar a música como algum relacionamento que não está dando certo ou algo do tipo. A primeira vez que ouvi essa música eu estava em um momento da vida que acontecia um turbilhão de coisas comigo e eu estava tão cansada de tudo e todos, mas havia alguma coisa que me prendia nesse turbilhão de problemas, havia alguma coisa que eu não conseguia largar. Então eu interpretei a música como “Eu querendo me desapegar desse turbilhão”. Me identifiquei muito com “Apenas deixe para lá, deixe acontecer. Por que eu não posso ser eu mesma?” Eu resumi o refrão porque na minha cabeça eu só interpretava assim 😂 Foi então que eu me toquei que me preocupava muito com meu futuro e não vivia o presente. Let It Go abriu meus olhos, hoje tenho muito mais conquistas vivendo o presente do que antes quando me preocupava demais com os problemas e com os outros do que comigo mesma.

 

JBBR: Se você pudesse falar alguma coisa para ele, o que seria?
FÃ: Apenas 10 palavras: De todos os sonhos, você é o que mais peço.

 

JBBR: Fale mais sobre você. Sinta-se livre para falar de outras bandas que gosta, das suas séries preferidas, atores, filmes etc.
FÃ: Eu sou rockeira, daquelas gótica trevosa, meu gosto sempre foi bandas como Evanescence, Nightwish (época da Tarja) Shaman, principalmente Shaman, eu sou louca por eles, Lacuna Coil e por aí vai. A minha adolescência inteira foi baseada nisso. Até que meu gosto foi mudando. Comecei a gostar de outros estilos como punk, pop… A pegada mais calma como o Indie e hoje continuo rockeira mas ouço de tudo. Minha banda preferida é 30 Seconds To Mars, consequentemente meu ator favorito é o Jared Leto, preciso nem dizer o quanto eu o amo de paixão, os amo como a minha vida 😂 Sou cinéfila de plantão, amo demais qualquer tipo de filme, meu filme preferido é Curtindo a Vida Adoidado porque sou completamente louca por esses clássicos adolescentes dos anos 80. Quem curtir demais Supernatural me add porque é minha série favorita também. E por último faço dança do ventre, antes era apenas um hobbie que eu tive por causa da cultura que eu acho linda demais, mas agora meio que me sustento com isso por enquanto. Estudo biomedicina que é outra paixão incondicional da minha vida.

 

JBBR: Como conheceu o site James Bay Brasil e o que acha do site? Aceitamos sugestões, críticas, elogios, etc.
FÃ: Primeiro conheci a fanpage no Twitter (através da minha fanpage), eu decidi segui-los justamente porque eu adoro o Bay e pensei comigo “Por que não?” Entrando um pouco pro lado pessoal agora, fiz amizades com pessoas maravilhosas nessa fanpage e hoje somos grandes amigas. Na época que eu conheci o James Bay Brasil ainda não tinha site mas eu tava ali no canto torcendo pra vocês conseguirem fazer um (porque desde quando comecei a gostar dele eu não tive a sorte de encontrar um site tão bom e atualizado sobre o Bay como o de vocês), então vocês finalmente conseguiram saciar esse meu desejo pelo site 😂 e hoje acompanho o trabalho de vocês não somente como amiga, mas como leitora. Eu posso dizer que o trabalho que vocês fazem com o James Bay Brasil é maravilhoso, tudo organizado, um trabalho 100% dedicado à nossa apreciação, ao nosso gosto. Tudo feito com tanto carinho, eu realmente me sinto extremamente confortável quando falo com vocês e quando entro no site.

 

Se você quer ser o próximo fã do mês, é só interagir bastante em nossas redes sociais e torcer para ser escolhido!