Em fevereiro de 2018, pouco após o lançamento de “Wild Love”, primeiro single do Electric Light, James Bay concedeu uma entrevista à Planet Radio onde falou sobre como começou o processo de composição do seu segundo álbum, as mudanças, sua coleção de roupas para a Topman, BRIT Awards, Adele, Justin Bieber e Ed Sheeran.

A entrevista se iniciou com James dizendo que está muito animado com as músicas novas. E contou que, após finalizar seus shows em dezembro de 2016, a sua agenda esvaziou e ele ficou entediado e desesperado para voltar a trabalhar. Foi então que logo no início de janeiro de 2017 começou a compor. Ele destaca que passou a maior parte do ano focado em músicas novas, mas que elas ficaram prontas rápido o suficiente para que ele pudesse fazer as coisas que deixou de fazer quando estava em turnê. Também falou sobre o quão legal foi lançar sua própria coleção de roupas para a Topman naquele mesmo ano (2017).

Ao ser questionado sobre o diferente estilo que sua música estava adquirindo, James afirma que quer evoluir tanto musicalmente quanto no estilo, por isso cortou o cabelo e parou de usar o famoso chapéu. “Sabe, aquele foi o capitulo 1, esse é o 2, a música está mudando, cheia de novas influências e inspirações que não se aplicavam ao que eu estava fazendo no meu primeiro álbum”.

Após o esclarecimento sobre o novo trabalho, o BRIT Awards então se torna o foco da conversa. O entrevistador pergunta como foi a experiência do James com a premiação e os melhores momentos. Ele responde que o fato de ter estado lá, ter sido nomeado, recebido o prêmio e performado sempre serão grandes momentos. James acrescenta que ter sido reconhecido e elogiado pela Adele nos bastidores do BRITs de 2016 também foi muito legal. E quanto a sua performance com Justin Bieber, ele conta que nunca havia se encontrado com ele antes, apenas com seu empresário, que foi o autor do convite para que ele tocasse Love Yourself na performance de Bieber.

Outro assunto da conversa foi o Ed Sheeran. James é questionado sobre quem é seu maior “parceiro” e ele conta uma de suas histórias com o Ed: “Eu estava fazendo uma das minhas maiores turnês, fazendo 3 shows em Brighton, Londres, 2 em Manchester, Glasgow… foi uma grande turnê em 2015. Ed Sheeran e eu nos conhecemos um pouco antes disso, alguns meses antes, talvez no mesmo ano; e ele é um cara incrível e muito amigável. Nós conversamos sobre fazermos algo musical juntos, então eu disse “tenho uma turnê se aproximando, me avise se você quiser ir para algum show”. Ele estava na América na maior parte daquele tempo, mas um dia ele me avisou que iria voltar para o Reino Unido na manhã seguinte, e então eu respondi “venha”, e ele disse “eu estarei lá”. Ele chegou naquela manhã e foi para o local do show quase 5 horas antes […] Nós passamos um tempo juntos antes de apresentarmos Let It Go, foi muito bom. Permanecemos em contato, ele é um cara muito legal, obviamente.”

A entrevista se encerra com um jogo de perguntas rápidas, onde James responde que ama Game Of Thrones, e que nunca chamou alguém para conversar nas redes sociais pois prefere interação cara-a-cara.

Confira a entrevista (apenas em inglês) abaixo: