James Bay falou das mulheres que ele admira para o The Sydney Morning Herald. Confira:

Minha mãe, Jill, é uma força a ser reconhecida. Ela trabalhou para a Marie Claire como ilustradora de moda quando era mais nova. Ela é muito artística e a rainha dos vestidos extravagantes. Sempre fazia fantasias para peças escolares. Minha paixão, garra e competitividade vêm dela.

Minha vó por parte de mãe, Dorothy, morreu quando tinha 10 anos. Ela sempre vinha me visitar com uma caixa de brinquedo e chocolates. Ela gostava muito de mimar meu irmão mais velho, Alex, e eu. Ela também era muito criativa, minha mãe puxou o talento dela. Ela replicou a roupa do filme “Os Caça-Fantasmas” com macacão e uma bolsa, idêntico ao filme. Ela não fazia as coisas pela metade.

Minha vó por parte de pai, era uma enfermeira na Segunda Guerra Mundial e cuidava de uma loja com meu avô. Ele levou um tiro durante a guerra e foi mandado para um acampamento na Hungria por alguns anos. Eles moraram há algumas horas da nossa casa, mas não via eles com muita frequência.

Nasci em Hitchin, uma cidadezinha em Hertfordshire na Inglaterra. Era uma rua bem quieta. Tive meu primeiro beijo aos 12 anos com minha namorada num banquinho no shopping de Hitchin, que estava fechado aquela hora. Nós namoramos por pouco tempo, mas não deu certo. Seguimos em frente.

Quando se tratava de garotas, Alex era o herói da cidade e eu era uma sombra dele – eu era o mais quieto. Ele chamava a atenção e conhecia todo mundo quando tocamos em bandas juntos.

Eu recebia muita atenção das garotas, mas não era bom em corresponder – eu era apenas dócil e gentil. Agora também sou extrovertido, e por mais que pareça brega, a música mudou muita coisa em mim.

Minha paixão de infância foi Beyoncé. Ela é muito libertadora, não mencionando sua beleza. Ela faz suas próprias regras e desafia qualquer estereótipo. Ela é o que toda grande estrela deve ser e é uma super heroína para muitas pessoas.

Tive duas professoras de música, as quais me inspiraram muito na escola de meninos em Hitchin. A Sra. Hetherington era uma cantora de ópera profissional e tinha muito conhecimento teórico. Eu não conseguia ler uma nota de música, mas ela sempre ficava animada em me ajudar e sempre me dizia para perseguir meu sonho. A Sra. Parker gostava de pop e rock’n’roll e, como professora em uma escola só de garotos, era à prova de balas. Eu diria que se não fosse por elas, eu não teria acreditado na minha capacidade de ter sucesso. Elas eram uma dupla dinâmica.

Taylor Swift me chamou para abrir os shows da turnê-mundial do álbum 1989 em 2015. Ela tem uma força poderosa e tem um poder de estrela tão incrível. Ela também é uma pessoa muito legal.

Há várias artistas femininas que eu gostaria de trabalhar junto, entre elas, Lorde, Beyoncé e Feist. Elas são mulheres incríveis e que levantam a bandeira do feminismo.

Eu passei uma tarde com a Lorde em Dezembro em Sydney. Ela é uma grande inspiração – e é uma grande profissional. Quando você está com ela, parece que você está com um velho amigo que tem milhares de anos de experiência.

As mulheres compões quase metade da minha equipe de turnê, são 7 mulheres entre 15 pessoas. Eu tenho uma técnica de violão, e teria mais se o campo não fosse dominado por homens. Ainda há muitas pessoas falando que as mulheres querem ficar em casa cuidando de filhos ao invés de de estar na estrada.

Estou com minha namorada, Lucy Smith, desde que tenho 17 anos – estamos há 10 anos juntos. Lucy era uma das crianças que brincavam comigo. Ela trabalha como promotora musical em Londres e é minha maior campeã.

Apaixonar-se quando você é jovem é algo que te cega e algo que significa tudo – mas isso não quer dizer que não tenhamos enfrentado problemas. Lucy e eu crescemos juntos e ela é a pessoa mais realista que conheço. Ela também é a pessoa mais forte quando eu não posso ser. Esse tipo de âncora é inestimável. 

Eu definitivamente vejo um futuro com crianças. Eu não sou muito fã da ideia sobre casamento, eu acho, porque eu não sou uma pessoa religiosa. Mas você sabe no fundo quando quer estar com alguém pelo resto da vida.

As fotos do ensaio para essa entrevista, você confere logo abaixo:

 

Fonte | Tradução e adaptação: Equipe James Bay Brasil – Não reproduzir sem os créditos.