17
10

Depois de muito tempo fazendo entrevistas e participações online, James Bay foi convidado para participar de um bate-papo no programa do Russell Howard dessa semana.

No começo da entrevista, Russel brinca com James dizendo que a última vez que o viu, em Setembro de 2019, James estava com 17 kilos de cocaína nas mãos. James riu e pediu para que ele explicasse melhor a situação. risos Russel explica que usou essa expressão para dizer que James estava MUITO animado com aquele show. O que era óbvio, já que era um evento em homenagem ao Eric Clapton, seu ídolo. Ele continuou explicando: “No primeiro acorde do violão, era como se você fosse um super herói com capa. Era fascinante ver aquilo. As pessoas surtaram!”

James responde dizendo que estava desesperado para fazer shows. “Eu estava desesperado para subir em um palco. É uma experiência mágica, incrível e não consigo explicar muito. Fazia muito tempo que não fazia um show. O engraçado é que eu não sabia que aquele era meu último show. Logo depois daquele evento,eu foquei no álbum e veio a pandemia.” James continua falando sobre o show em homenagem ao Eric Clapton.

Russel pergunta a James como foi tocar com os Rolling Stones em um estádio e James diz que é meio que ridículo o modo como ele se sente sobre isso. “Eu sou um fã de Rolling Stones, igual à muitas pessoas. Estar naquele palco, em frente aquela plateia, foi arrepiante.”

Eles conversam um pouco mais sobre ídolos e Russel comenta que James irá tocar no Shakespeare’s Globe. Eles falam sobre o espaço do show, que pessoas de todo o mundo poderão assistir e o quão ansioso James está.

Fonte | Tradução e adaptação: Equipe James Bay Brasil – Não reproduzir sem os créditos.


continue lendo
James Bay Brasil 2019 | layout criado e desenvolvido por Lannie D. | Hosted by Flaunt | Visitas: | Online: