13
09

Na última quinta-feira (9) James Bay participou de uma entrevista virtual, para o programa At Home and Social, junto aos artistas Alesso e Marshmello, com os quais trabalhou no mais recente single Chasing Stars.

A entrevista começou com foco no videoclipe de Chasing Stars, lançado no YouTube dia 20 de Agosto, onde a apresentadora Katie Daryl fala de quão maravilhosa foi a ideia de usar fitas VHS durante todo o clipe.
Sobre isso, James responde: “Todos nós temos lembranças da época das fitas VHS, talvez foi como uma visita aos vídeos antigos, ou algo assim. Não pude evitar, tive que fazer isso.”
Katie então, continua: “Mas, sério, vocês realmente já assistiram a um filme pelas fitas VHS?”
James responde que era mais afim dos DVDs, para ser sincero. Mas que tem recordações de escolher VHS de filmes de muito sucesso e que eram boas lembranças.

Como a entrevista é muito grande, separamos alguns trechos para vocês. Confiram:

Katie: É interessante perceber que a base do clipe é em torno das fitas VHS, mas tem algumas surpresinhas – têm os nomes de vocês três. Tem mais alguma coisa que nós deveríamos prestar atenção, algum detalhe que talvez passe despercebido ao assistir pela primeira vez?
James: Bom, tem alguns detalhes voltados para o lado emocional, relacionados ao tema central do clipe, onde eu estou na locadora, assistindo a gravações antigas de alguém que foi embora, de acordo com a música; e então têm essas doces lembranças na lombada das caixas VHS, de momentos que tivemos juntos e não temos mais.

Katie: A letra da música é sobre algo muito triste, mas a música é, na verdade, muito animada, te leva a um lugar legal. Contem um pouco sobre o processo de criar uma  música tão agitada com um tema de coração partido.
Alesso: Marshmello e eu tentamos montar uma estrutura que começasse com uma balada e depois se transformasse em uma música para cantar junto, e logo após tem uma queda. O que, na verdade, é um desafio porque tentamos construir o climax da melodia com essa queda, e não estragar a música, ao mesmo tempo. Mas eu sinto que tudo se ajeitou em bastante harmonia, e junto com os riff incríveis das guitarras do James, e meio como um mundo de alegria com letras tristes.

Katie: Vocês irão a um festival de verão, os três como um grupo, vocês têm uma mala onde cada um pode colocar apenas um item com a intenção de se divertir durante esse show. O que vocês levariam?
James: Eu colocaria uma bebida bastante convidativa na mala. Eu sei que todo mundo vai estar hidratado para o dia quente, então… a parte inferior da mala seria um lugar perfeito para caber uma garrafa maravilhosa de gin.
Marshmello: Eu levaria um… isso não é necessariamente para o festival, já que uns 10% de um festival é você realmente tocando no show, e o resto do tempo é fazendo outras coisas. Então eu levaria um bom alto falante completamente carregado para o backstage.
Alesso: Acredito que levaria… Bom, eu sempre levo um USB, só para o caso de uma emergência, caso a música da festa esteja horrível ou algo assim. Mas agora nós temos um alto falante, então talvez nós possamos plugar o USB no alto falante do Marshmello. E tomaríamos o gin, então teríamos nossa própria festa no backstage.

Katie: A próxima pergunta é: vocês estão em um estúdio; tem uma mesa de petiscos. Quais itens devem estar na mesa de petiscos? Vocês só podem escolher um item cada.
Alesso: Muito fácil, pipoca. Eu sou completamente viciado em pipoca, sempre tem onde estou trabalhando. Definitivamente com manteiga e sal.
Marshmello: Algo que não é muito comentado, mas todo estúdio tem seu próprio cookie, que eles fazem; tipo, cookie com gotas de chocolate. Eu escolheria cookies porque não seria uma sessão de estúdio sem eles.
James: É controverso, mas quero garantir a refeição principal, então jogaria algumas caixas de pizzas lá. Porque não me importo se esfriar, é bom quando estão quentes, mas se ficarem geladas comemos como um lanche.

Katie: Se vocês estivessem colaborando com o mais novo artista do cenário musical, que todos precisamos conhecer. Quem vocês indicariam?
James: Eu na verdade tenho alguém para indicar, eu fui muito sortudo em ter trabalhando com ela mais cedo esse ano, porque ela fez um soundtrack para um programa de TV. Ela é uma grande artista chamada Maisie Peters. Ela acabou de assinar contrato com Ed Sheeran, está lançando seu primeiro álbum. Ela é uma compositora incrível, está lançando músicas realmente maravilhosas. Eu recomendo Maisie Peters.
Marshmello: Eu estava trabalhando com ela ainda ontem. Ela é bastante nova no meio musical, mas acho que todo mundo deveria conhecê-la, o nome dela é Tate Mcrae, ela é do Canadá, e é uma cantora incrível.

Katie: James você teve crédito pela capa da música, certo?
James: Sim. Bom, tudo foi uma grande colaboração, não me entenda mal. Mas eu tive a ideia baseada no título, na verdade, onde imagina-se um céu a noite, essa energia cósmica que existe durante toda a música. E eu pinto bastante, eu desenho muito. E no ano passado eu me apaixonei com essa modalidade de desenho de linha contínua, e eu pensei – quando você olhar para as estrelas e vê aquelas constelações… Então tudo meio que fez sentido na minha cabeça, nossos rostos como constelações. Então, é, são meus desenhos.

Katie: Existe a possibilidade de vermos vocês três juntos para performar Chasing Stars em um lugar bem fora do comum?
James: Espero que sim. Tem que ser algum lugar fenomenal nos EUA, como O Observatório, em Hollywood.
Marshmello: Sim, vamos pensar em algo com certeza.

Você pode conferir a entrevista completa, sem legenda, abaixo:


continue lendo
James Bay Brasil 2019 | layout criado e desenvolvido por Lannie D. | Hosted by Flaunt | Visitas: | Online: